quinta-feira, 23 de abril de 2015

Projeto Múltiplos olhares



Projeto: Múltiplos olhares

Docente: Carla Andréia Starosky.

Licenciada em Geografia e especialista em Educação para a Diversidade

Discentes: 3º ano (Ensino Médio)


        Após trabalho de observação do espaço escolar e a comunidade na qual os alunos encontram-se inseridos, fez-se a discussão e a análise em torno do questionamento: Como percebemos o espaço público e de que forma ele passa despercebido ao nosso olhar?
De acordo com Antoni Zabala(2002), “ os alunos devem entender que a compreensão de qualquer situação real exige uma visão que inevitavelmente será complexa e que, embora seja possível fazer aproximações parciais ou limitadas, um conhecimento real do objeto de estudo comporta uma perspectiva (...) complexa (...) as atividades que possibilitam a identificação de questões ou problemas devem concretizar-se em situações conflitantes, que provoquem a explicitação de seus conhecimentos e nas quais os alunos aventurem-se a formular suposições(...) é um passo imprescindível para progredir na interpretação e no domínio dos meios que permitirão intervir nessa realidade complexa.”

  
O resultado perante as problematizações elencadas pelos estudantes levou a vontade de captar imagens que pudessem ilustrar espaços presentes em nosso cotidiano. Espaços públicos que muitos espectadores diante de um ritmo frenético de uma sociedade contemporânea, mal conseguem visualizar ou sensibilizar-se da sua real importância.
Por meio do cooperativismo, e do projeto Cooper Jovem na qual a unidade escolar “Santos Dumont” soma parcerias, buscou-se levar à comunidade o que esses “múltiplos olhares” conseguiram captar e, por meio dessa exposição, instigar o repensar diante da necessidade de se respeitar o que é público, assim como o apreço para com o cidadão que dele faz uso.


 Obs: O projeto Múltiplos olhares está exposto na Cooper-Garcia (Rua Amazonas, 3.000, Garcia)

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Informativo



Prezados Pais/ Responsáveis:

Comunicamos que NÃO HAVERÁ AULA PARA SEU FILHO nos seguintes dias:
20/04 (segunda-feira)  = Recesso Escolar
21/04 (terça-feira) = Feriado Nacional

Conselhos de Classe:
22/04 (quarta-feira) =  Conselho de Classe para as turmas do 1º ao 5º anos, não haverá aula  para essas turmas, as demais turmas terão aula normal.

23/04 (quinta-feira) =  Conselho de Classe para as turmas do 6º ao 9º anos, não haverá aula para essas turmas, as demais turmas terão aula normal.

24/04 (sexta-feira) =  Conselho de Classe para as turmas do Ensino Médio, não haverá aula para essas turmas, as demais turmas terão aula normal.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Sistema Solar



Atividade realizada na disciplina de Ciências das turmas do 4ºano1 e 4ºano2, com as professoras Fernanda, Letícia e Thatiany. Os alunos aprenderam sobre o Sistema Solar, para evidenciar o tema da aula elaboraram maquetes.











terça-feira, 7 de abril de 2015

A tecnologia, o cinema e o incentivo à leitura

 



A tecnologia, o cinema e o incentivo à leitura.

            Já não é desde agora, que o uso da tecnologia é incentivado dentro do ambiente escolar. Os alunos de uma maneira geral, são adeptos a inclusão digital. Fazem uso de diversos tipos de equipamentos tecnológicos. Partindo deste pressuposto, a escola também não poderia ficar de excluída deste cenário.
Aulas planejadas de acordo com este cenário são na verdade, uma aliada ao professor, que pode transformar as rotineiras aulas teóricas em uma multiplicidade com novas modalidades na forma de educar. Pensando nisso e aliando esta perspectiva em consideração, começo a formar outras maneiras de se pensar no incentivo à leitura.
            O discente encontrado no modelo contemporâneo de nossa sociedade está diretamente ligado a estas formas de comunicação inovadoras. Não obstante, observando-os pude verificar quais são os gostos por filmes, livros e quais os assuntos mais os interessam. Empenhada nesse processo, tornando-me atenta a este tipo de realidade, trarei um exemplo bem sutil de incentivo à leitura associando a tecnologia com filmes.
            Um dos exemplos mais recente que venho a citar, é o interesse permanente que temos notado pelos nossos jovens alunos pela literatura juvenil. Apontamos alguns exemplos como: jogos vorazes (que faz parte de uma trilogia: em chamas e a esperança), divergente, insurgente e convergente (também uma trilogia), a culpa é das estrelas, a menina que roubava livros, dentre outros.
Decidindo trazer para o espaço escolar o conhecimento já existente (do aluno), como mediadora desta ação, trazendo-o a repensar juntamente com a literatura, incentivando a sua leitura autônoma de mundo para ter um novo entendimento da realidade, conectando-o a realidade através da ficção, fazendo-o conhecer as estórias dos livros e assim constituir o interesse pela leitura.
            Muitos alunos ainda são bem resistentes à leitura, mas boa parte deles pelo que tenho notado, já possui o gosto por ela. Segmentada desta premissa, lacei-me no desafio de aliar-me as formas que me são ofertadas.  Num primeiro contato, os alunos assistiram ao filme “jogos vorazes” e logo após são lhe passadas as informações que existem nos livros e que geralmente, não são adaptáveis aos filmes. Fazendo com que assim, houvesse um despertar de interesse peculiar para querer saber mais... Muitos terminam por se interessarem tanto pela estória que descobrem que gostavam de ler, sem ao menos saber. 


            Fazem parte desta trilogia:





            Logo após, apresento-lhes uma pluralidade de informações que não constam no filme, por se tratar de algo que é adaptável ao cinema. Podemos citar personagens que nem mesmo são relatados a esta adaptação e ainda inúmeras cenas que não constam e lendo o exemplar podem trazer uma grande quantidade de detalhes abundantes de informes que se quer, não são muitas vezes, nem reproduzidas para a ficção. Desempenho desta forma, uma aliança entre tecnologia, cinema, incentivo à leitura e interpretação de mundo através da ficção (literatura). 


O tordo (símbolo inicial do levante).




 A personagem principal Katniss Everdeen.



Desenhos feitos pelo aluno João Lucas do 9º ano 5.

Professora: Elaine Rodrigues.
Disciplina: Língua Portuguesa.